Designam-se de hipertensão arterial (HTA) todas as situações em que se verificam valores de tensão arterial aumentados. Para esta caracterização, consideram-se valores de tensão arterial sistólica superiores ou iguais a 140 mm Hg (milímetros de mercúrio) e/ou valores de tensão arterial diastólica superiores a 90 mm Hg.
Em Portugal, existem cerca de dois milhões de hipertensos. Destes, apenas metade tem conhecimento de que tem pressão arterial elevada, apenas um quarto está medicado e apenas 16 por cento estão controlados. Estes números elevados podem ser explicados pelo facto de a HTA ser uma doença silenciosa, ou seja, na maior parte dos casos, os sintomas são inexistentes.
Hoje sabe-se que a adopção de um estilo de vida saudável pode prevenir o aparecimento da doença e que a sua detecção e acompanhamento precoces podem reduzir o risco de incidência de doença cardiovascular.
Neste sentido, surge a necessidade de alertar e informar a população para este problema de saúde, sensibilizando a mesma para a sua vigilância e prevenção.
Na imagem poderão ser consultadas as medidas preventivas da HTA.

Fonte: Direcção Geral de Saúde
Elaborado por Enfª Andreia Guedes